Welcome!

Industrial IoT Authors: Elizabeth White, Harry Trott, Pat Romanski, Carmen Gonzalez, William Schmarzo

News Feed Item

Visa lança serviço gerenciado para dispositivos móveis

A Visa Inc. (NYSE:V) anunciou hoje o lançamento de uma nova plataforma plug-and-play de dinheiro móvel que vai tornar mais fácil e econômico para as instituições financeiras e operadoras de celular oferecerem serviços financeiros móveis aos consumidores. A plataforma global é o primeiro serviço mundial de classe bancária gerenciado para dinheiro móvel – sendo que permite à Visa hospedar e gerenciar completamente todos os aspectos de um programa de dinheiro móvel em nome da prestadora, a partir do projeto de interface de usuário à inscrição do consumidor, processamento de operações, autorização, compensação e liquidação. O novo serviço pode permitir uso de serviços interoperáveis de dinheiro móvel nacional ou internacionalmente.

Os consumidores "sem banco" na Índia e em Ruanda são os primeiros a se beneficiarem deste serviço. Os assinantes de celulares Aircel na Índia e os clientes do Bank of Kigali e Urwego Opportunity Bank em Ruanda têm agora acesso a uma conta financeira, que está ligada ao seu número de celular. De operações de entrada e saída de dinheiro em postos de atendimentos ao pagamento de contas, envio de dinheiro para familiares, recarregar o tempo de uso ou comprar bilhetes de trem, os consumidores podem tirar vantagem dos serviços financeiros de classe bancária e qualidade Visa de pagamentos.

"Aplaudimos os pioneiros na África, Ásia e Oriente Médio, que lançaram um circuito fechado de serviços financeiros para celulares e alcançaram tantos consumidores em tão pouco tempo", disse Bill Gajda, diretor de produtos móveis globais da Visa Inc. "Com o aumento da procura, também cresce o custo e a complexidade de manter esses serviços. A nova plataforma de dinheiro móvel da Visa é projetada para permitir que as operadoras de celular e instituições financeiras se concentrem em seu negócios principais, deixando a gestão do seu serviço de dinheiro móvel com a Visa".

A nova plataforma, que está sendo hospedada no centros de dados gerenciados da Visa, foi construída sobre a tecnologia Fundamo, a tecnologia de dinheiro móvel adquirida pela Visa em 2011, que foi implantada com sucesso em mais de 30 países.

"A Aircel orgulha-se em oferecer aos seus assinantes as aplicações mais inovadoras para celulares que atendem às necessidades específicas dos consumidores na Índia", disse Geoff King, chefe de serviços bancários móveis da Aircel. "Através do serviço hospedado e gerenciado da Visa, a Aircel é agora capaz de parcerias com bancos locais para oferecer aos nossos assinantes de celulares acesso a serviços de dinheiro que irão simplificar suas vidas financeiras. Nós começamos nossa parceria com a ICICI para oferecer aos clientes a capacidade de enviar dinheiro em todo o país de forma segura, complementar suas contas pré-pagas de celulares, e pagar suas contas de serviços públicos".

Concebida e adaptada para uso por instituições financeiras e operadoras de celulares

A nova plataforma da Visa foi desenvolvida em conformidade com os quadros regulamentares estabelecidos para serviços financeiros móveis. Ela oferece às operadoras de redes móveis e instituições financeiras uma ligação local à rede Visa de pagamento global, VisaNet, e uma solução única para a prestação de serviços de dinheiro móvel que é baseada em elevados padrões de segurança, confiabilidade e interoperabilidade da Visa. Através da nova plataforma, a Visa pode gerenciar todos os aspectos de um serviço de dinheiro móvel, incluindo:

  • Programa de gestão de dinheiro móvel – a Visa, em nome da operadora de serviços móveis de dinheiro, pode gerenciar a inscrição do cliente e a interface de usuário de carteira móvel, taxas, comissões e impostos, bem como aplicar as ferramentas de gestão de risco, geração de relatórios, e outros serviços "em nome de". Isso reduz os custos de execução e os recursos necessários para implantar serviços de dinheiro móvel.
  • Suporte para qualquer canal de comunicação móvel – Prestadores de serviços de dinheiro móvel podem usar interface padrão da indústria para se conectar à nova plataforma da Visa, e podem enviar as transações de dinheiro móvel em todos os canais móveis, entre eles, serviço suplementar de dados não estruturados (USSD na sigla em inglês), linguagem de marcação de hipertexto extensível (xHTML, na sigla em inglês), e resposta de voz interativa (IVR, na sigla em inglês).
  • Suporte para um conjunto abrangente de transações – A plataforma permite que as transações financeiras, tanto em ambientes de malha fechada e malha aberta, inclusive as operações de entrada e saída de dinheiro em agentes locais e caixas eletrônicos, transferências de dinheiro nacionais e internacionais, pagamentos em estabelecimentos onde Visa é aceito, bem como, pagamentos de contas e recarga do tempo de uso. Ele também suporta transações informais, tais como registro de volume, consulta de saldos, senha e gerenciamento de contas.
  • Suporte ao cliente e conformidade regulamentar – O serviço móvel gerenciado da Visa pode suportar o cumprimento de requisitos regulamentares móveis e financeiros em diferentes países. Além disso, a plataforma pode oferecer recursos abrangentes de suporte ao cliente, que inclui monitoramento e manutenção de conexões com sistemas de hospedagem, recuperação de desastres, gerenciamento de incidentes, bem como fluxos de trabalho de gestão de resposta aos clientes e gestão de contas (AML e KYC).
  • Qualidade Visa de pagamento seguro – A plataforma combina a tecnologia avançada de processamento de risco da Visa com os recursos de segurança e autenticação de dispositivos móveis, permitindo que o prestador de serviços de dinheiro móvel possa oferecer transações financeiras que são baseadas em elevados padrões de transações seguras, confiabilidade e interoperabilidade da Visa.

Enquanto as instituições financeiras e operadoras de redes móveis na Índia e Ruanda são as primeiras a oferecerem serviços financeiros móveis baseados no novo serviço gerenciado da Visa, a plataforma tem a capacidade de hospedar e gerenciar programas em todo o mundo.

Sobre a Visa Inc.

A Visa é uma empresa global de tecnologia de pagamentos que conecta consumidores, empresas, instituições financeiras e governos em mais de 200 países e territórios para pagamentos eletrônicos rápidos, seguros e confiáveis. Operamos em uma das redes de processamento mais avançadas do mundo, a VisaNet, capaz de lidar com mais de 24.000 transações por segundo, com proteção contra fraude para os consumidores e pagamento garantido aos estabelecimentos. A Visa não é um banco e não emite cartões, não aumenta crédito nem estabelece taxas e encargos aos consumidores. Contudo, as inovações da Visa permitem que seus clientes de instituições financeiras ofereçam novas opções aos consumidores: pagar agora com cartão de débito; antecipadamente com cartão pré-pago; ou depois, com produtos de crédito. Para mais informações, visite corporate.visa.com.

Sobre a Aircel

A Aircel é a quinta maior operadora de telefonia móvel GSM com crescimento mais rápido da Índia, e uma operadora de presença na Índia. Ela ganhou espectro 3G em 13 círculos e espectro BWA em oito círculos, e lançou com sucesso serviços 3G em 13 círculos, que é a implementação mais rápida de 3G no espaço da Telecom indiana. A Aircel tem constantemente inovado em produtos e serviços, e é creditada por fazer o 3G acessível às massas através do lançamento da internet de bolso inteligente, que oferece pacotes 3G de baixos valores. A internet inteligente de bolso da Aircel impulsionou a adoção do 3G no país, pois dá um verdadeiro valor ao produto, permitindo aos consumidores acesso ilimitado de dados 3G a preços extremamente acessíveis. A Aircel posicionou-se como uma operadora líder em dados de telecomunicações abordando as multifuncionalidades de um telefone celular em várias maneiras inovadoras que são pioneiras no mercado, sejam elas na internet de bolso da Aircel, jogos de bolso para internet, a primeira rede social móvel INQ da Aircel, saúde móvel Apollo da Aircel, Blyk on Aircel, um compromisso enriquecedor para a juventude e, muito recentemente, a primeira operadora de telecomunicações a introduzir atualizações de voz no Facebook para a Aircel. A Aircel é também uma rede de telecomunicações conhecida por lançar os iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S e iPhone 5 da Apple. Para mais informações, visite www.aircel.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

More Stories By Business Wire

Copyright © 2009 Business Wire. All rights reserved. Republication or redistribution of Business Wire content is expressly prohibited without the prior written consent of Business Wire. Business Wire shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

@ThingsExpo Stories
"We're a cybersecurity firm that specializes in engineering security solutions both at the software and hardware level. Security cannot be an after-the-fact afterthought, which is what it's become," stated Richard Blech, Chief Executive Officer at Secure Channels, in this SYS-CON.tv interview at @ThingsExpo, held November 1-3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA.
According to Forrester Research, every business will become either a digital predator or digital prey by 2020. To avoid demise, organizations must rapidly create new sources of value in their end-to-end customer experiences. True digital predators also must break down information and process silos and extend digital transformation initiatives to empower employees with the digital resources needed to win, serve, and retain customers.
The IoT is changing the way enterprises conduct business. In his session at @ThingsExpo, Eric Hoffman, Vice President at EastBanc Technologies, discussed how businesses can gain an edge over competitors by empowering consumers to take control through IoT. He cited examples such as a Washington, D.C.-based sports club that leveraged IoT and the cloud to develop a comprehensive booking system. He also highlighted how IoT can revitalize and restore outdated business models, making them profitable ...
In his general session at 19th Cloud Expo, Manish Dixit, VP of Product and Engineering at Dice, discussed how Dice leverages data insights and tools to help both tech professionals and recruiters better understand how skills relate to each other and which skills are in high demand using interactive visualizations and salary indicator tools to maximize earning potential. Manish Dixit is VP of Product and Engineering at Dice. As the leader of the Product, Engineering and Data Sciences team at D...
"Once customers get a year into their IoT deployments, they start to realize that they may have been shortsighted in the ways they built out their deployment and the key thing I see a lot of people looking at is - how can I take equipment data, pull it back in an IoT solution and show it in a dashboard," stated Dave McCarthy, Director of Products at Bsquare Corporation, in this SYS-CON.tv interview at @ThingsExpo, held November 1-3, 2016, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA.
The Internet of Things will challenge the status quo of how IT and development organizations operate. Or will it? Certainly the fog layer of IoT requires special insights about data ontology, security and transactional integrity. But the developmental challenges are the same: People, Process and Platform and how we integrate our thinking to solve complicated problems. In his session at 19th Cloud Expo, Craig Sproule, CEO of Metavine, demonstrated how to move beyond today's coding paradigm and sh...
Today we can collect lots and lots of performance data. We build beautiful dashboards and even have fancy query languages to access and transform the data. Still performance data is a secret language only a couple of people understand. The more business becomes digital the more stakeholders are interested in this data including how it relates to business. Some of these people have never used a monitoring tool before. They have a question on their mind like “How is my application doing” but no id...
@GonzalezCarmen has been ranked the Number One Influencer and @ThingsExpo has been named the Number One Brand in the “M2M 2016: Top 100 Influencers and Brands” by Onalytica. Onalytica analyzed tweets over the last 6 months mentioning the keywords M2M OR “Machine to Machine.” They then identified the top 100 most influential brands and individuals leading the discussion on Twitter.
DevOps is being widely accepted (if not fully adopted) as essential in enterprise IT. But as Enterprise DevOps gains maturity, expands scope, and increases velocity, the need for data-driven decisions across teams becomes more acute. DevOps teams in any modern business must wrangle the ‘digital exhaust’ from the delivery toolchain, "pervasive" and "cognitive" computing, APIs and services, mobile devices and applications, the Internet of Things, and now even blockchain. In this power panel at @...
IoT is rapidly changing the way enterprises are using data to improve business decision-making. In order to derive business value, organizations must unlock insights from the data gathered and then act on these. In their session at @ThingsExpo, Eric Hoffman, Vice President at EastBanc Technologies, and Peter Shashkin, Head of Development Department at EastBanc Technologies, discussed how one organization leveraged IoT, cloud technology and data analysis to improve customer experiences and effici...
As data explodes in quantity, importance and from new sources, the need for managing and protecting data residing across physical, virtual, and cloud environments grow with it. Managing data includes protecting it, indexing and classifying it for true, long-term management, compliance and E-Discovery. Commvault can ensure this with a single pane of glass solution – whether in a private cloud, a Service Provider delivered public cloud or a hybrid cloud environment – across the heterogeneous enter...
Data is the fuel that drives the machine learning algorithmic engines and ultimately provides the business value. In his session at Cloud Expo, Ed Featherston, a director and senior enterprise architect at Collaborative Consulting, discussed the key considerations around quality, volume, timeliness, and pedigree that must be dealt with in order to properly fuel that engine.
Successful digital transformation requires new organizational competencies and capabilities. Research tells us that the biggest impediment to successful transformation is human; consequently, the biggest enabler is a properly skilled and empowered workforce. In the digital age, new individual and collective competencies are required. In his session at 19th Cloud Expo, Bob Newhouse, CEO and founder of Agilitiv, drew together recent research and lessons learned from emerging and established compa...
Whether your IoT service is connecting cars, homes, appliances, wearable, cameras or other devices, one question hangs in the balance – how do you actually make money from this service? The ability to turn your IoT service into profit requires the ability to create a monetization strategy that is flexible, scalable and working for you in real-time. It must be a transparent, smoothly implemented strategy that all stakeholders – from customers to the board – will be able to understand and comprehe...
"IoT is going to be a huge industry with a lot of value for end users, for industries, for consumers, for manufacturers. How can we use cloud to effectively manage IoT applications," stated Ian Khan, Innovation & Marketing Manager at Solgeniakhela, in this SYS-CON.tv interview at @ThingsExpo, held November 3-5, 2015, at the Santa Clara Convention Center in Santa Clara, CA.
Information technology is an industry that has always experienced change, and the dramatic change sweeping across the industry today could not be truthfully described as the first time we've seen such widespread change impacting customer investments. However, the rate of the change, and the potential outcomes from today's digital transformation has the distinct potential to separate the industry into two camps: Organizations that see the change coming, embrace it, and successful leverage it; and...
Everyone knows that truly innovative companies learn as they go along, pushing boundaries in response to market changes and demands. What's more of a mystery is how to balance innovation on a fresh platform built from scratch with the legacy tech stack, product suite and customers that continue to serve as the business' foundation. In his General Session at 19th Cloud Expo, Michael Chambliss, Head of Engineering at ReadyTalk, discussed why and how ReadyTalk diverted from healthy revenue and mor...
Extracting business value from Internet of Things (IoT) data doesn’t happen overnight. There are several requirements that must be satisfied, including IoT device enablement, data analysis, real-time detection of complex events and automated orchestration of actions. Unfortunately, too many companies fall short in achieving their business goals by implementing incomplete solutions or not focusing on tangible use cases. In his general session at @ThingsExpo, Dave McCarthy, Director of Products...
20th Cloud Expo, taking place June 6-8, 2017, at the Javits Center in New York City, NY, will feature technical sessions from a rock star conference faculty and the leading industry players in the world. Cloud computing is now being embraced by a majority of enterprises of all sizes. Yesterday's debate about public vs. private has transformed into the reality of hybrid cloud: a recent survey shows that 74% of enterprises have a hybrid cloud strategy.
You have great SaaS business app ideas. You want to turn your idea quickly into a functional and engaging proof of concept. You need to be able to modify it to meet customers' needs, and you need to deliver a complete and secure SaaS application. How could you achieve all the above and yet avoid unforeseen IT requirements that add unnecessary cost and complexity? You also want your app to be responsive in any device at any time. In his session at 19th Cloud Expo, Mark Allen, General Manager of...